Mais de 900 Nomes de Frutas

Amora-de-árvore

Amora-de-árvore

(Morus nigra)

Época de frutificação – na primavera. Nativa da Ásia.

A amora

Normalmente existem duas cultivares, amora preta (amora preta Morus) e amora branca (amora).

Ambas crescem rapidamente e têm uma longa vida útil.

Podem atingir 15m de altura e suas características gerais são muito semelhantes, exceto pela cor da fruta.

O tamanho geralmente não ultrapassa os 3 cm.

A amoreira sempre esteve relacionada com a criação de bichos-da-seda.

Eles se alimentam quase exclusivamente de suas folhas.

Amora preta

A amora-preta teve origem na antiga Pérsia e foi introduzida no Brasil no início do século 19.

O clima do país é muito favorável para ela.

Quando madura, sua aparência é quase preta, enquanto o interior é vermelho escuro.

Amora branca

A amora-branca é nativa da China e tende a ser rosa.

O Brasil, especialmente o estado de São Paulo, tem cultivado algumas variedades de celidônia (M. alba) como pepperoni, macarrão e Fernão Dias.

Alguns tipos são reproduzidos por enxertia, enquanto outros, por propagação.

Condições de clima e solo

A amoreira pode tolerar qualquer tipo de solo e clima, mas cresce melhor em solos profundos.

Tem boas propriedades físicas e exibe, em média, boa fertilidade.

Denominação

Vários arbustos de framboesa comumente encontrados em todo o Brasil são chamados coletivamente de amora ou amora.

Amoreira e certas plantas medicinais (chamadas “espinhos”) produzem amoras.

A branca é usada apenas para alimentar animais.

É uma fruta levemente ácida e adstringente, usada para fazer doces, geléias e geléias.

Comercialização

O comércio de amora-preta natural é quase inexistente.

Apenas recentemente começaram a aparecer embalagens contendo algumas ameixas pretas.

No supermercado, você geralmente a encontra na forma de geleia ou xarope.

De qualquer forma, as frutas naturais são extremamente perecíveis e devem ser consumidas imediatamente após a colheita.

A amora é uma excelente fruta, que pode ser consumida no seu estado natural. Basta cobri-la com uma camada de gelo picado e uma bola de chantilly ou uma bola de gelado de baunilha.

Como plantar

A amora silvestre é uma planta de pequeno e médio porte (8-12m), com folhas caducas, inteiras ou lobadas, serrilhadas, duras e fusiformes.
As flores sem espinhos são dioicas e o fruto é ovóide.

Possui aquênios longos, recobertos de cálice suculento e roxo, quase preto.

O bicho-da-seda

Existem dois tipos principais: preta (amora preta) e branca (amora branca).

Ambas são medicinais e alimentares.

Em alguns lugares, a amoreira é quase exclusivamente usada para cultivar bichos-da-seda e é muito comum no Oriente.

Este inseto se alimenta das folhas das amoreiras.

As amoras-pretas pertencem à família das moraceae, sendo, portanto, parentes da jaca, do figo, da fruta-pão e da embaúba, entre outras.

Receita de geleia de amora-de-árvore

Ingredientes

10 xícaras de amoras

05 xícaras de açúcar

Água suficiente

 

Modo de preparo

Bata as amoras no liquidificador. É bom ter o cuidado de retirar os cabinhos.

Dissolva em um pouco d’água e coe. (A água é para ajudar a passar na peneira)

Adicione o açúcar e deixe cozinha em fogo alto até ferver

Então abaixe o fogo para o mínimo

Espere até que o volume seja reduzido à metade e mexa de vez em quando, para verificar o ponto

Acondicione em frascos esterilizados

O ponto da geleia é fácil de ser verificado.

Enfie nela uma colher e levante no ar.

Se pingarem gotas redondas, ainda não está no ponto.

Se escorrer pela beirada da colher, parecido com o mel quando escorre, está no ponto.

Conserve ao abrigo da luz.

Após aberto, conserve em geladeira.

Suco de amora

Um copo de amoras em um copo de água mineral, é o quanto basta para fazer um suco delicioso.

Seu sabor é muito suave.

É uma boa fruta para se misturar com outra de sabor ácido.

Deve-se tomar logo após o preparo e não precisa ser coado.

Cultivo em vasos

Se você ceder aos “desejos” da “amora-de-árvore”, não vai conseguir cultivá-la em vaso.

Isso porque ela é uma árvore de até 15 metros de altura.

Então, para mantê-la dentro dos limites do vaso, você ai precisar contê-la por meio de podas, tanto nos galhos quanto nas raízes.

Fica tipo um bonsai, porém um pouco maior.

Por conta disso, você já pode começar com um vaso de bom tamanho, para não ter que obrigatoriamente trocá-lo depois por outro maior.

Eu já cultivei em um vaso de mais ou menos 20 litros (25 x 25  x 25 cm) e deu muito certo.

Se souber cuidar, toda primavera vai ter amoras fresquinhas em casa.

 

Resumo

 

Leia também este artigo, com mais de 900 nomes de frutas

e também este

com todas as frutas que começam com a letra “A”.

 

Fontes:

O quintal que tinha na casa da minha avó, ao lado do pomar.

Wikipedia

Wikiaves

 

Artigo: amora-de-árvore

Avalie este post
Sair da versão mobile