Mais de 900 Nomes de Frutas

Cajá

Cajá

(Spondias monbim L)

Época de frutificação – de outubro a janeiro. Nativo dos trópicos.

Cajazeiros

Os cajazeiros existem naturalmente nas florestas tropicais de vários países.

Pertencem a uma família que inclui várias espécies de frutas tropicais, a Anacardiaceae.

As espécies mais conhecidas desta família são a manga, o cajueiro, o umbu, a cajarana e a serigüela.

Esta última está intimamente relacionada com o cajá e pertencente ao mesmo género, Spondias.

Há divergências sobre se a espécie é uma espécie natural ou introduzida.

Os frutos

Sua produção de frutos é variada.

Vai de maio a junho na Paraíba; fevereiro a maio na região sudeste da Bahia; agosto a dezembro no Pará e janeiro a maio no Ceará.

No Brasil, não existe um processo industrial de colheita e processamento do “cajá“.

A colheita é feita manualmente nos meses produtivos.

Apesar deste evidente atraso, técnicos especializados já detectaram várias doenças que podem atacar os cajazeiros, e maneiras de combatê-las.

Os frutos têm um sabor bastante ácido, o que o torna melhor para ser consumido na forma de sucos, do que ao natural.

Ocorrência

É nativo das regiões tropicais do planeta.

O cajaziro é uma árvore alta, chegando a medir uns 25 metros de altura.

Sua copa é frondosa e produz muitos frutos, até mil quilos por árvore.

Nas regiões onde é nativo, o povo já criou inúmeras maneiras de consumi-lo.

Algumas delas são sorvetes, cremes, pudins, iogurte, frozen, musse e até caipirinha!

Clima

É uma planta muito adequada às condições climáticas do Nordeste do Brasil, onde é produzida no estado selvagem.

No Brasil, o cajá também é chamado de Cajamilin ou Tapereba.

O fruto do cajá é uma drupa, ovóide, com 6 cm de comprimento.

É amarelo brilhante, pele fina e lisa, e sua polpa doce, suculenta e ácida é usada para produzir suco, néctar, sorvete, geléia, vinho e licor.

Seu cerne é volumoso, mas muito leve, com espinhos, e requer atenção para ser consumido na natureza.

Colheita do cajá

O período de colheita é variável entre os estados produtores, mas geralmente ocorre no primeiro semestre do ano.

Os frutos maduros são colhidos manualmente ao cairem no chão.

A altura da cajazeira torna difícil colher frutos na planta, de modo que a população prefere esperar que caiam de maduros.

Com isso, muitas frutas são danificadas.

Além de serem atacados por patógenos, formigas, insetos e roedores, os frutos danificados também perdem líquido e entram no processo de fermentação.

Sua colheita apresenta problemas de aquisição de frutas e condições de transporte.

Por isso, estima-se que apenas 30% da produção de cajá no sul da Bahia e em outras áreas produtoras é usada atualmente para consumo humano.

As frutas deveriam ser colhidas pelo menos duas vezes ao dia para manter a qualidade.

Qualidade das frutas 

Na hora de comprar é importante observar se a fruta tem consistência firme, casca lisa e poucas manchas.

Deve ser conservado em local ventilado.

O Cajá costuma ser consumido com sal quando fresco.

Receita de sorvete de cajá

Ingredientes

½ kg de polpa de cajá

01 lata de leite condensado

01 lata de creme de leite

Modo de preparo

Bata todos os ingredientes juntos no liquidificador

Prove

Se estiver no sabor desejado, deixe gelando por umas cinco ou seis horas

Se desejar, pode bater novamente para acertar a intensidade da textura.

Sirva gelado.

Receita de frozen de cajá

(Frozen é apenas um nome chique para refresco)

Um copo de iogurte (250 ml)

Um copo de cajás congelados

Meio copo de abacaxi e uma banana inteira, ambos congelados também

Meia xícara de algum suco de fruta de sua preferência, porém, escolhida entre as menos ácidas, porque o cajá já é bem ácido

Alguns pedacinhos de casca de limão ou de maracujá

Sirva batido no liquidificador.

 

Resumo do capítulo

 

Fontes:

Wikipedia

CDRSSP

 

Veja também:

900+ NOMES DE FRUTAS EM TODO O BRASIL (nativas e exóticas)

e também este, com

todas as frutas que começam com a letra “J”

 

Artigo: cajá

Avalie este post
Sair da versão mobile