Chocolate Aumenta o Colesterol e Triglicérides?

      Comentários desativados em Chocolate Aumenta o Colesterol e Triglicérides?
Chocolate

É muito difícil encontrar alguém que não goste de chocolate, não é mesmo? Entretanto, sabemos que precisamos nos controlar para não exagerar no seu consumo. Veja a seguir se chocolate aumenta o colesterol e triglicérides e se, com isso, quem tem tais problemas de saúde precisa evitá-lo.

A propósito, entenda melhor se o chocolate amargo é saudável mesmo como dizem e aprenda a fazer receitas de bolo de chocolate light que podem matar a vontade de chocolate na dieta.

Se você sofre com o colesterol ou triglicerídeos alto, vale a pena também conferir essas dicas de tudo sobre colesterol alto e tudo sobre triglicerídeos alto.

O chocolate aumenta o colesterol?

Em pequenas quantidades – aproximadamente 15 g –, o chocolate amargo é bom para o coração. Estudos mostram que o cacau rico em flavonoides diminui o colesterol ruim LDL e aumenta o colesterol bom, o HDL.

Em uma meta-análise publicada no European Journal of Clinical Nutrition (Jornal Europeu de Nutrição Clínica), pesquisadores analisaram dados de 10 experimentos clínicos, em que 320 participantes acrescentaram chocolate amargo às suas refeições ao longo de 10 a 12 semanas.

A intervenção com o chocolate amargo reduziu significativamente o colesterol sérico LDL e total, mas não o HDL ou o triglicérides.

De acordo com uma pesquisa publicada no jornal Diabetic Medicine (Medicina Diabética), comer chocolate com teor elevado de cacau e rico em polifenol aumentou o HDL em pacientes com a diabetes do tipo 2.

Neste estudo de apenas 12 pessoas, os pesquisadores prescreveram a adição de 45 g de chocolate à dieta durante oito semanas. Metade dos participantes recebeu chocolate com teor elevado de cacau e rico em polifenol e metade recebeu o chocolate rico em cacau. Os resultados mostraram que o chocolate com pouco polifenol não produziu mudanças. O grupo do polifenol elevado teve um aumento significativo no HDL e uma diminuição do colesterol total.

Atente para o fato de que o estudo foi feito com poucas pessoas, que sofriam com uma doença específica. Perceba também que o único tipo de chocolate mencionado nos parágrafos anteriores foi o chocolate amargo.

Antes de adicionar o chocolate amargo
à sua dieta para melhorar os seus níveis de colesterol, consulte o seu médico
para saber em que quantidade ele deve ser utilizado.

E nada de achar que não precisa mais seguir o tratamento indicado pelo médico e que comer chocolate amargo vai resolver o problema porque isso será bem perigoso para a sua saúde.

Cuidado com os excessos

No entanto, isso tudo não significa que você deve comer o chocolate amargo em toda refeição. Comer o chocolate amargo deve se parte de uma mudança em direção de um estilo de vida mais saudável se você realmente deseja diminuir o seu colesterol.

Dê a si mesmo um pouco de chocolate amargo como um prêmio por comer uma dieta saudável, perder peso e atingir os seus objetivos com os exercícios.

O chocolate é um alimento rico em calorias que não pode ser consumido exageradamente. Isso é importante para evitar o excesso de peso que, de acordo com especialistas, pode contribuir com o colesterol elevado.

Em outras palavras, se você gosta de chocolate, porém, sofre com o colesterol elevado, opte sempre pelo chocolate amargo e consuma-o moderadamente, sem exageros e em pequenas quantidades.

E quanto aos níveis de triglicérides?

Agora que vimos se o chocolate aumenta o
colesterol, será que ele pode elevar as taxas de triglicérides?

É necessário tomar bastante cuidado com aqueles chocolates ou as receitas com chocolate que aparecem cheias de açúcar. Isso pode até melhorar o sabor, entretanto, não é bom para a saúde de quem sofre com triglicérides elevados.

Os açúcares simples fazem parte da lista de produtos que podem provocar o aumento dos níveis de triglicérides. No mesmo sentido, comer alimentos ricos em açúcares simples contribui significativamente com o triglicérides elevado. Um dos conselhos para diminuir a ingestão de açúcares simples na dieta é justamente limitar o consumo de chocolate, ou seja, os pacientes que sofrem com as taxas altas de triglicérides devem evitar o consumo regular de chocolate.

Um documento da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) também orienta evitar o consumo de chocolate para contribuir com o controle dos níveis de triglicérides. Entretanto, o chocolate amargo – com teor acima de 50% de cacau – pode ser consumido moderadamente dentro dessa dieta.

Para quem já sabe que tem triglicérides alto ou colesterol elevado

Mais importante do que saber se o chocolate aumenta o colesterol e/ou triglicerídeos é contar com o acompanhamento médico para entender como deve funcionar todo o tratamento para controlar os níveis dessas substâncias.

Isso inclui saber como deve funcionar toda a dieta
que beneficia o tratamento do seu quadro em particular, obedecendo todas as
orientações que forem passadas pelo médico e nutricionista.

Lembre-se deque este artigo serve somente para informar e jamais pode substituir a opinião e as recomendações do médico e do nutricionista. São esses profissionais que devem ter a palavra final em relação ao consumo de chocolate – ou qualquer outro alimento – por parte dos pacientes que sofrem com problemas de colesterol e/ou triglicérides.

Referências Adicionais:

Você imaginava que o chocolate aumenta o colesterol e triglicerídeos? Consome com frequência chocolate na sua dieta? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.