Diabetes Causa Impotência? Causas, Prevenção e Tratamento

      Comentários desativados em Diabetes Causa Impotência? Causas, Prevenção e Tratamento
Homem com impotência

A impotência sexual, também chamada de disfunção erétil, ocorre quando um homem não é capaz de obter e manter uma ereção por tempo suficiente para ter relações sexuais. Há várias causas para esse problema, mas será verdade que a diabetes causa impotência?

De fato, as causas da impotência podem ser psicológicas, físicas ou ambas, e uma das mais comuns é a diabetes, especialmente no caso da diabetes tipo 2. Estudos sugerem que entre 35% a 75% dos homens com diabetes irão desenvolver ou já desenvolveram a impotência sexual, e eles também tendem a desenvolver cerca de 10 a 15 anos mais cedo do que os homens que não tem diabetes.

Certamente é do seu interesse conhecer esses alimentos que causam impotência masculina para mantê-los longe da dieta e ajudar a evitar esse problema. Por outro lado, existem alguns alimentos afrodisíacos para aumentar a libido e não deixar que seu desejo sexual desapareça.

Causas da disfunção erétil devido a diabetes

A diabetes causa impotência porque ela pode danificar o suprimento de sangue para o pênis e os nervos que controlam a ereção.

Quando um homem fica sexualmente excitado, é liberado um componente químico chamado óxido nítrico em sua corrente sanguínea, e este químico “diz” para as artérias e músculos do pênis que ele deve inflar, o que permite que mais sangue flua para o pênis, causando a ereção.

Os homens com diabetes lutam com as oscilações do nível de açúcar no sangue, principalmente quando essa condição não for bem administrada. Quando os níveis de açúcar no sangue ficam muito altos, menos óxido nítrico é produzido, o que pode significar que não há sangue suficiente no pênis para obter ou manter uma ereção. É por isso que baixos níveis de óxido nítrico são frequentemente encontrados em pessoas com diabetes.

Prevenção

Devido a todos os estudos já realizados, atualmente é bastante compreendido que a diabetes causa impotência, e quando o assunto é a prevenção, a melhor maneira de reduzir o risco de disfunção erétil é controlar a diabetes.

Além disso, outras medidas
preventivas podem ser tomadas, como por exemplo parar de fumar e reduzir a
ingestão de álcool, ou fazer outras mudanças no estilo de vida, como:

  • Perder peso: Alguns estudos mostram que mesmo uma pequena perda de peso pode melhorar a impotência sexual, bem como aumentar o desejo sexual em homens com diabetes. Aqueles que perderam peso aumentaram tanto o fluxo sanguíneo como os níveis de testosterona, o que resultou em melhores ereções.
  • Menos estresse: A disfunção erétil pode causar estresse e tensão principalmente em um relacionamento, e neste caso um aconselhamento psicológico pode ser útil mesmo quando a impotência é resultado de algum problema físico. É muito importante que as pessoas que sofrem com esse problema encontrem tempo para relaxar e dormir o suficiente todas as noites.
  • Dieta saudável e exercícios físicos: Estudos sugerem que os homens que mudaram a sua dieta para uma com baixo teor de gordura saturada e alto teor de fibras e passaram a fazer atividade física moderada todas as semanas foram capazes de melhorar seus problemas com a disfunção erétil sem a necessidade de tomar medicamentos.

Um novo estudo também sugere que a suplementação com aminoácidos chamados l-arginina e l-citrulina pode ajudar a melhorar a função erétil. Estes ácidos são conhecidos por aumentar a produção no organismo de óxido nítrico, o que pode aumentar o fluxo sanguíneo para o pênis, pois como dito anteriormente, baixos níveis de óxido nítrico são frequentemente encontrados em homens com diabetes.

Tratamentos para Impotência Sexual

Existem várias opções de tratamento para a impotência sexual, e eles são os mesmos tanto para homens com diabetes como para os que não tem. O tratamento para cada caso irá depender do que está causando esta disfunção.

Alguns medicamentos também podem
causar a disfunção erétil, e neste caso o médico poderá trocar qualquer
medicação prescrita para outra que não cause a disfunção.

O tratamento mais comum costuma ser feito com comprimidos orais, pois eles demonstraram funcionar bem em muitos homens com diabetes, restaurando suas funções sexuais.

Os quatro medicamentos mais
prescritos são:

  1. Avanafil (Spedra);
  2. Sildenafil (Viagra);
  3. Tadalafil (Cialis);
  4. Vardenafil (Levitra).

Esses medicamentos aumentam o fluxo sanguíneo para o pênis e por isso causam uma ereção, mas para que eles tenham efeito, é necessário que haja estimulação sexual.

Eles devem ser tomados de 30 a 60
minutos antes da relação sexual.

Além desses medicamentos, existem
várias outras formas de tratamento para disfunção erétil. Elas incluem: 

  • Prótese Peniana: É considerada quando todas as outras opções de tratamento falharem, já que requer que o homem passe por uma cirurgia em que uma haste inflável é implantada no pênis para deixá-lo ereto para o intercurso sexual.
  • Terapia de injeção Penile: A injeção de alprostadil (Caverject), quando aplicada diretamente no pênis antes da relação sexual, foi aprovada por homens que não respondem à terapia medicamentosa oral. Esta injeção de hormônio aumenta o suprimento de sangue para o pênis e produz uma ereção.
  • Terapia hormonal: A terapia de reposição de testosterona é recomendada para homens com disfunção erétil que apresentam baixos níveis de testosterona.
  • Apoio psicológico: Quando os problemas com impotência sexual surgem devido a condições psicológicas, como por exemplo ansiedade ou depressão, fazer um tratamento psicológico é com certeza a melhor opção.
  • Terapia com bomba de vácuo: Trata-se de um tubo plástico conectado a uma bomba que é colocado sobre o pênis. A bomba esvazia o ar do tubo e isso faz com que o sangue seja atraído para o pênis; então, é colocado um anel na base do pênis para manter a ereção durante a relação sexual.

Uma dieta bem equilibrada, exercícios físicos regulares e o controle do estresse têm mostrado ser igualmente importantes no tratamento da diabetes.

Fale com um especialista

Como você pode ver, é verdade que a diabetes causa impotência sexual, mas antes de começar qualquer tratamento, o mais importante é falar sobre isso com um médico, pois ele poderá recomendar o melhor tratamento para o seu caso.

Referências Adicionais:

Você já sabia que a diabetes causa impotência? Já sofreu com essa consequência da diabetes e pretende tratar? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.