Limão Tem Carboidrato? Frutose? Tipos, Variações e Dicas

      Comentários desativados em Limão Tem Carboidrato? Frutose? Tipos, Variações e Dicas
Limão

Geralmente, quando falamos em frutas liberadas em dietas, o limão está sempre presente, pois é costume pensar que o limão na engorda e não possui calorias significativas. Veja se o limão tem carboidrato e pode estar presente, por exemplo, numa dieta low carb, que necessita da restrição de carboidratos em suas refeições.

Aproveite para conhecer todos os benefícios do limão para a saúde e boa forma e veja uma análise dos diferentes tipos de limão e suas propriedades variadas.

O limão tem carboidrato?

De acordo com suas informações nutricionais, o limão tem carboidrato sim. O alimento é composto em aproximadamente 10% por carboidratos.

Parte dos carboidratos da fruta corresponde às fibras, porém, outra parte também corresponde à frutose, aquele açúcar característico das frutas.

Mas qual é o teor de carboidratos que podemos encontrar na composição do limão? É isso o que você vai conferir na tabela a seguir:

  Tamanho da porção Quantidade de carboidratos por porção
Limão (genérico) 7 g 0,65 g de carboidratos
Limão (genérico) 1 meia-lua ou fatia (1/8 de um limão de 5 cm de diâmetro) 0,65 g de carboidratos
Limão (genérico) 1 fruta (5,5 cm de diâmetro) 5,41 g de carboidratos
Limão (genérico) 1 fruta (6 cm de diâmetro) 7,83 g de carboidratos
Limão (genérico) 100 g 9,32 g de carboidratos
Limão (genérico) 1 xícara (seção) 19,76 g de carboidratos
Suco de limão (genérico) 1 produto de meia-lua 0,51 g de carboidratos
Suco de limão (genérico) 1 produto de limão 4,06 g de carboidratos
Suco de limão (genérico) 30 ml 2,67 g de carboidratos
Suco de limão (genérico) 100 ml 8.9 g de carboidratos
Suco de limão (genérico) 1 xícara 21,06 g de carboidratos

A questão da frutose

Como aprendemos acima, o limão tem carboidrato mas também apresenta a frutose, um açúcar característico das frutas.

Segundo o pesquisador da área de nutrição, Kris Gunnars, muitas
evidências apontam que a ingestão excessiva de açúcar adicionado é prejudicial
para a saúde.

Isso inclui o açúcar de mesa e o xarope de milho rico em frutose, que são compostos em metade por glicose e metade por frutose.

“Uma razão pela qual a ingestão excessiva de açúcar adicionado é maléfica são os efeitos negativos da frutose quando consumida em grandes quantidades. Muitas pessoas acreditam que como os açúcares adicionados são ruins, o mesmo se aplica às frutas, que também contêm frutose. Entretanto, isso é uma concepção errada. A frutose é prejudicial somente em quantidades grandes e é praticamente impossível comer frutose em excesso apenas por meio do consumo de frutas”, alertou o pesquisador.

Isso sem contar que as frutas são fontes de diversos nutrientes
essenciais para a saúde do nosso organismo, ao contrário dos produtos
industrializados lotados de açúcar adicionado que costumam não ter muito valor
nutricional.

Portanto, se for para cortar alguma coisa da dieta, não abandone as frutas: prefira se livrar das besteiras, guloseimas e fast-food industrializados.

O limão tem vitamina C?

Agora que analisamos se o limão tem carboidratos e frutos, será que o alimento também apresenta a benéfica vitamina C na sua composição?

Sim! Na verdade, o limão não somente possui a vitamina C como é considerado um alimento rico no nutriente.

A vitamina C é um excelente antioxidante e é importante para a função imunológica e para a saúde da pele.

Vale lembrar que os antioxidantes bloqueiam parte dos danos
provocados pelos radicais livres, substâncias prejudiciais que podem ter um
papel no desenvolvimento de doenças como câncer, artrite e doença cardíaca.

Além disso, o acúmulo de radicais livres ao longo do tempo também
pode colaborar de maneira significativa com o processo de envelhecimento.
Entretanto, não é apenas por esses motivos que o fato do limão carregar
vitamina C é uma excelente notícia para quem gosta de consumir a fruta.

Isso porque, de acordo com informações do portal dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos, o nutriente também é importante para os ossos, para o tecido conjuntivo, atua nos processos de cura/cicatrização do organismo e contribui com a absorção de ferro.

A vitamina C forma tecidos de cicatrização e a proteína utilizada
na produção da pele, dos tendões, dos ligamentos e dos vasos sanguíneos, além
de trabalhar na reparação e na manutenção da cartilagem, dos ossos e dos
dentes.

O portal dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos alertou ainda que como o organismo não dá conta de produzir vitamina C por conta própria e nem armazena o nutriente, é necessário consumir diversos alimentos que sejam fonte da vitamina C diariamente na alimentação.

E será que o limão tem potássio?

Conforme a nutricionista e mestra em nutrição humana, Adda Bjarnadottir, a fruta também serve como uma fonte decente do mineral potássio.

“Uma dieta rica em potássio pode (ajudar a) diminuir os níveis de
pressão arterial e ter efeitos positivos na saúde cardiovascular”, declarou a
mestre em nutrição humana.

Entretanto é lógico que se você tiver problemas de pressão alta
e/ou cardiovasculares, não é apenas ingerir potássio por meio de limão e outros
alimentos que vai resolver a situação – ainda é necessário seguir todo o
tratamento e a dieta indicados pelo médico para lidar com essas condições.

De acordo com o portal dos Institutos Nacionais de Saúde dos
Estados Unidos – o organismo necessita de potássio para funções como: a
construção de proteínas, a decomposição (quebra) e o uso de carboidratos, a
formação de músculos, a manutenção de um crescimento corporal normal, o
controle da atividade elétrica do coração e o controle do equilíbrio
ácido-basico.

Referências Adicionais:

Você imaginava que o limão tem carboidrato ou não tem? Pretende diminuir ou aumentar o consumo da fruta? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.