Mais de 900 Nomes de Frutas

Pitanga

Pitanga

(Eugenia uniflora)

Época de frutificação – no verão. Esta maravilha é nativa do Brasil.

Cultivo da pitanga

Ela cresce bem em climas quentes e úmidos.

Não requer solo alto.

Pode ser reproduzido por semente e enxertia.

Não existe cultivo em grande escala no Brasil.

O nome “pitanga”

“Pitanga” é uma palavra da língua tupi que significa vermelho.

Na verdade, é uma fruta vermelha, roxa e às vezes quase preta.

Tem um gosto delicioso e refrescante, refrigerante.

A doçura da polpa de pitanga, levemente ácida e com perfume próprio e único, tem lugar reservado no gosto dos brasileiros.

Origem

A pitanga é originária do Brasil e pode ser vista em todo o país.

Estende-se do nordeste ao Rio Grande do Sul e ainda atravessa a fronteira para chegar a algumas áreas do Uruguai e Argentina.

A pitanga plantada é uma fruta típica, indicada para quintais e pomares de casas ou recantos urbanos.

A árvore

A pitangueira é decorativa e pode formar belas sebes de jardim.

As flores da pitangueira são ricas, brancas e exalam um perfume muito delicado e agradável.

Com isso, a árvore passou a atrair a atenção das pessoas, mesmo à distância.

Seus galhos ficam totalmente pintados do branco das flores e depois do vermelho vivo das frutas.

Atrai um grande número de pássaros e, claro, crianças e adultos.

Receitinhas

A fruta é consumida em grandes quantidades in natura.

Também se fazem diversas receitas de sucos, refrescos, geleias e doces, além do famoso “licor de pitanga”.

É uma planta de grande produção, fácil manejo, fácil cultivo e boa resistência às condições urbanas.

Por isso pode ser cultivada em praças, parques e calçadas.

Além das frutas, ainda contribui para a beleza da cidade e a manutenção do restante dos animais.

Algumas indústrias de sucos e sorvetes do Nordeste já possuem pomares de pitangueiras.

Os frutos são utilizados para a produção de suco de pitanga envasado e polpa congelada.

Cultivo em vasos

Esta é uma fruta que não faz grandes exigências de solo.

Esta é mais uma razão porque é fácil e conveniente cultivá-la em vasos (para quem não tem espaço).

Na natureza a árvore não passa dos 3 a 4 m, a não ser em solos altamente favoráveis, nos quais pode atingir até 6 m de altura.

Mas num vaso de 40 x 40 (ou até menor) não cresce muito, limitando-se à pouca terra que possui.

Mas uma boa medida para você experimentar, seria juntando duas partes de areia para uma de terra vegetal e outra de composto orgânico.

É sempre bom lembrar que, apesar de se dar bem até na areia, ela gosta do solo ligeiramente úmido.

E, na época da floração, logo após começar a florir, durante umas três semanas, agoe todos os dias.

Com isso ela vai produzir frutos maiores, mais saborosos e em maior quantidade.

E, quando chegar a época, todo ano você vai ter estas deliciosas frutinha a sua disposição, ao alcance de sua mão.

Nada melhor.

A arvorezinha tem tendência a dar galhos baixos e ficar parecendo um arbusto. 

Pode podá-los, como quiser. Ela não sente com isso.

E é bom adubar a terra do vaso com farinha de osso, mais ou menos a cada três meses.

Agora, a única notícia não muito boa: ela vai demorar uns três ou quatro anos para começar a produzir. 

Neste caso, a poda dos ramos baixos vai ajudá-la a “andar mais depressa”.

Receita de doce de pitanga

Ingredientes

01 xícara de pitangas

01 xícara de açúcar cristal

½ xícara de água

Modo de preparo

Prepare uma calda grossa e ferva nela as pitangas

Vai se formar uma espuma que desaparecerá depois

Sirva frio ou gelado.

 

Resumo do capítulo

 

Você também pode se interessar por este artigo, onde vai encontrar mais de 

900+ NOMES DE FRUTAS BRASILEIRAS (nativas e exóticas)

e também este outro,

com todas as frutas com a letra U

 

Fontes:

Wikipedia

Apremavi

 

Artigo: pitanga

Avalie este post
Sair da versão mobile