Abacate Dá Espinha?

      Comentários desativados em Abacate Dá Espinha?
Abacate

Conhecido como uma fonte de gorduras saudáveis, o
abacate também é composto por outros ingredientes
importantes para o nosso corpo funcionar direitinho como fibras, potássio,
vitamina B6, vitamina B9, vitamina C, vitamina E e vitamina K.

A
fruta possui ainda quantidades pequenas de magnésio, manganês, cobre, ferro,
zinco, fósforo, vitamina A, vitamina B1, vitamina B2 e vitamina B3.

Mas será que, mesmo sendo tão nutritivo, o abacate causa espinha? Ou não é verdade que o alimento auxilia o aparecimento dessas indesejáveis marcas no rosto?

E então, será que o abacate dá espinha?

As
espinhas surgem juntamente com a acne, uma condição que é desenvolvida quando secreções oleosas das glândulas sebáceas tampam as pequenas
aberturas dos folículos capilares.

A condição pode ser causada por uma série de fatores como o excesso de produção de oleosidade da pele, o acúmulo de bactérias, a tendência à inflamação, a desregulação hormonal e a propensão ao acúmulo de células e tecidos mortos.

Mas será que o que comemos pode ter algo a ver com o desenvolvimento da acne e das espinhas? A nutricionista Erica Julson escreveu, em artigo publicado, que a ligação entre a dieta e a acne é controversa.

Entretanto, pesquisas recentes mostram que a dieta pode exercer um
papel expressivo no que se refere ao desenvolvimento da acne, completou a
nutricionista. No mesmo sentido, especialistas explicam que, embora os
alimentos não provoquem a acne por si só, alguns deles podem piorar a condição.
Mas seria o abacate um desses alimentos? Será que o abacate dá espinha?

Fontes de gorduras saudáveis como o abacate são consideradas aliadas da pele. Alguns especialistas apresentam o abacate como um alimento que, ao lado do açaí, pode auxiliar na prevenção da acne e das rugas precoces, graças à presença do ácido oleico em sua composição e das antocianinas, substâncias antioxidantes e anti-inflamatórias, na composição do açaí.

Entretanto, é preciso tomar cuidado para não exagerar no consumo
desses dois alimentos, pois ambos possuem quantidades elevadas de calorias.

Vitamina C e vitamina E

O abacate também apareceu em uma reportagem que listou 10 alimentos que previnem as espinhas e a pele irritada. A nutricionista holística Rachelle Wood afirmou que o abacate, rico em vitamina E, pode aumentar a vitalidade da pele.

A vitamina E é um dos nutrientes importantes para uma pele saudável. Além disso, o abacate é considerado uma boa fonte de vitamina C, nutriente que pode auxiliar a diminuir a inflamação da pele e a hidratá-la naturalmente.

O abacate deve ser incluído como fonte dos nutrientes vitamina C e vitamina E na alimentação como forma de auxiliar a diminuição das espinhas.

Os ácidos graxos monoinsaturados

Os ácidos graxos monoinsaturados, encontrados na composição de alimentos como abacate, sementes e nozes, podem contribuir com o combate à inflamação provocada pela acne.

As gorduras monoinsaturadas presentes no abacate, nas sementes e nas nozes também participam do processo de produção de colágeno, auxiliando em relação à elasticidade da pele.

O papel da alimentação equilibrada

A alimentação que auxilia no combate à acne é aquela que é equilibrada, balanceada e rica em frutas, legumes, verduras, cereais integrais e proteínas magra.

Ou seja, a fruta abacate pode fazer parte desse tipo de alimentação, porque é tida como um dos alimentos que contêm nutrientes que colaboram com a luta contra a acne.

Mas calma – não estamos prometendo milagres

Se não podemos dizer e/ou provar que o abacate dá espinha, também não podemos ser irresponsáveis e afirmamos que é simplesmente uma pessoa comer abacate para que os seus problemas de acne e espinhas desapareçam magicamente.

Por mais que a alimentação possa exercer alguma influência em relação ao desenvolvimento da acne e das espinhas que a acompanham, como já vimos acima, existe uma série de outros fatores envolvidos no aparecimento do incômodo problema.

Além disso, cada pessoa pode apresentar um quadro diferente e um
nível diferente de acne e espinhas. Portanto, se você sofre com esse problema,
o ideal mesmo é que procure o auxílio de um bom médico dermatologista.

O profissional é qualificado para avaliar o estado da sua pele,
diagnosticar o seu quadro de acne e indicar produtos e/ou tratamentos que sejam
eficientes e seguros para você, tendo em vista as particularidades do seu
quadro. O dermatologista também é apto para te dar dicas de alimentação para
auxiliar a evitar ou diminuir a acne.

Lembre-se de que este artigo serve unicamente para informar e jamais pode substituir a opinião, o diagnóstico e a prescrição de um médico.

Você já tinha ouvido falar que abacate dá espinha? Costuma consumir abacate com certa frequência? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.