Doar Sangue Emagrece?

      Comentários desativados em Doar Sangue Emagrece?
Doar sangue

Pode parecer clichê afirmar que doar sangue é um ato de amor ao próximo, entretanto, isso também é verdade. Afinal, ao se propor a fazer isso, uma pessoa literalmente tira uma parte de dentro do seu corpo para beneficiar outras pessoas.

Em alguns casos, sem ao menos
conhecer quem será a pessoa que será ajudada. Ou seja, é preciso ter amor
dentro de si para tomar a decisão de doar sangue.

No entanto, por mais que algumas pessoas tenham o desejo de doar sangue para ajudar o próximo, elas podem ter algumas dúvidas em relação a isso. Pot exemplo, será que doar sangue emagrece?

Será que doar sangue emagrece?

É até possível que uma pessoa perca peso ligeiramente ou queime algumas calorias durante a doação de sangue, que serão repostos posteriormente, porém, a prática não deve – e nem pode – ser utilizada como uma ferramenta para o emagrecimento.

Quando uma pessoa doa sangue, ela
perde uma quantidade de sangue correspondente ao peso de aproximadamente 450 g.
Entretanto, isso não significa necessariamente que doar sangue emagrece.

Não dá para esperar notar diferenças
no corpo depois de doar sangue porque essa perda será rapidamente recuperada
depois que o doador obedecer a recomendação de ingerir fluidos após doar o
sangue e que fizer o lanchinho que precisa para se sentir bem depois do
procedimento.

Nas primeiras 24 horas depois da
doação de sangue, aconselha-se que a pessoa consuma quantidades extras de
líquidos para auxiliar na reposição do sangue que foi retirado. E as
orientações para o período posterior à doação de sangue não podem deixar de ser
obedecidas para que a saúde não saia prejudicada.

Neste mesmo sentido, o Instituto Nacional do Câncer (INCA) afirma que ao doar sangue, uma pessoa não perde peso, mas também não ganha peso.

Como já vimos, são retirados aproximadamente 450 ml de sangue da pessoa durante o procedimento da doação. Porém, após isso, o organismo é capaz de recuperar o volume doado através da reposição das células sanguíneas. A quantidade de sangue retirada na doação não é capaz de provocar um aumento ou diminuição no peso corporal de uma pessoa.

A doação de sangue é uma atitude voluntária e altruísta que depende exclusivamente da disposição da pessoa em doar sangue. Essa atitude pode salvar vidas e deve ser feita com o exclusivo objetivo de doar sangue e não com outros fins como perder, ganhar peso e investigar doenças sexualmente transmissíveis.

Uma outra orientação é a de evitar a prática de exercícios físicos extenuantes ao longo de 12 horas, já que existe o risco de que o doador apresente fraqueza, tontura ou desmaie. Se o esforço executado pelo doador utilizar o braço por onde a doação foi feita, é perigoso ocorrer sangramento ou hematoma no local.

Agora, imagine só se depois de doar o sangue, a pessoa resolver ficar sem comer em uma tentativa de emagrecer? Esses riscos de passar mal com uma fraqueza, tontura ou desmaio serão mais acentuados, principalmente se ela realizar esforços físicos.

Deve haver um intervalo de meses entre a data de uma doação e outra

Especialistas alertam também que não se deve aderir à doação de sangue com frequência somente para eliminar mais calorias de olho na diminuição do peso corporal.

Em primeiro lugar, esse não é o propósito de um procedimento de doação de sangue. Em segundo lugar, como vimos acima, já foi refutada a ideia de que doar sangue emagrece.

E em terceiro lugar, ninguém pode doar sangue a torto e a direito, quando quer e com a frequência que bem entender. É obrigatório esperar certo período de tempo depois de uma doação para poder doar novamente.

De acordo com a Fundação Pró-Sangue,
os homens devem esperar um intervalo de 60 dias entre uma doação e outra –
podendo ter no máximo quatro doações nos últimos 12 meses – e as mulheres devem
aguardar um período de 90 dias para doar sangue novamente – podendo fazer no
máximo três doações em um período de 12 meses.

Mentir para desobedecer essa regra e conseguir doar sangue com mais regularidade como uma estratégia para emagrecer é uma atitude bastante irresponsável, sem contar que também é ineficiente.

É necessário obedecer ao intervalo obrigatório de espera entre uma doação e outra para que o organismo tenha tempo de ter as suas células sanguíneas repostas e para que problemas como a anemia sejam evitados.

Nesse intervalo, o organismo irá repor as reservas de ferro e irá renovar as células do sangue. Com isso, a doação não acarretará em danos ou deficiências nutricionais para a pessoa.

Veja mais: Doar sangue faz bem à saúde?

Ou seja

Doe sangue por amor, motivado pelo desejo de ajudar a salvar uma vida. Se, além disso, você também quer e/ou necessita emagrecer, procure o auxílio de um bom nutricionista que saberá recomendar uma dieta apropriada para te ajudar a alcançar os seus objetivos, ao mesmo tempo em que seja saudável, fornecendo todos os nutrientes e a energia que o seu organismo necessita para funcionar direitinho.

Você também pode praticar atividades físicas para estimular o emagrecimento, entretanto, faça isso depois de obter a autorização do médico e conte com o acompanhamento de um bom educador físico para garantir que os seus treinamentos sejam eficientes e seguros.

E, claro, se resolver doar sangue, obedeça ao período recomendado em que deve se manter longe dos esforços físicos depois de fazer a doação para evitar problemas.

Você já tinha ouvido falar que doar sangue emagrece? Já doou sangue alguma vez na vida? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.