Fermento Engorda?

      Comentários desativados em Fermento Engorda?
Fermentos

O fermento é um ingrediente utilizado em
receitas de pães, tortas, pizzas e bolos e tem a função de fazer com que as
suas massas cresçam. O produto foi descoberto pelos egípcios e houve uma época
em que ele era feito em casa. Hoje em dia, existem os fermentos
industrializados, que aparecem no formato de pó, que é obtido por meio de um
processo de secagem.

A composição do fermento biológico conta
com as chamadas leveduras. Essas leveduras se alimentam da glicose da farinha
de trigo, produzindo em sua digestão bolhas de gás carbônico, que fazem com que
a massa cresça.

Já a base da composição do fermento químico é a mistura de bicarbonato de sódio com substâncias que se tornam ácidas ao entrarem em contato com líquidos ou ao serem aquecidas.

No caso do fermento químico, o gás
carbônico que atua no crescimento da massa é obtido justamente por meio de
reações entre o bicarbonato de sódio e algum ácido.

Enquanto o pó do fermento químico já
começa a reagir na hora de bater um bolo e continua com essa reação quando o
bolo está no forno, o trabalho do fermento biológico é mais demorado. Isso sem
contar que as suas leveduras morrem com o calor do forno.

Por isso, nas receitas que levam o fermento biológico, de pães e pizzas, por exemplo, é preciso aguardar a massa crescer antes de levá-la ao forno.

Mas será que o fermento engorda?

O fermento é utilizado em receitas que podem trazer quantidades expressivas de carboidratos, açúcares, gorduras e calorias, como pães simples ou recheados, pizzas, bolos e tortas doces ou salgadas.

Portanto, o consumo desses alimentos, principalmente sem moderação, em porções grandes, pode resultar no aumento do peso corporal. Mas isso não significa necessariamente que o fermento engorda, apenas que ele está presente em receitas que têm uma composição de pode favorecer o ganho de peso.

Por outro lado, isso também não quer dizer que o fermento em pó possa ser utilizado de alguma maneira em receitas que prometem emagrecer.

De acordo com a chef profissional com
estudos focados em nutrição, Andrea Cespedes, já houve um rumor que dizia que o
fermento em pó ajuda a quebrar (decompor) gordura.

Além disso, alguns blogs chegaram a alegar
que o fermento em pó (bicarbonato de sódio) pode auxiliar a acelerar a perda de
peso.

“Na realidade, ele (o fermento em pó) não
tem efeito direto na gordura corporal. O fermento em pó ou bicarbonato de sódio
é uma substância alcalina que se opõe aos efeitos do ácido. Quando você consome
o fermento em pó, ele reage com o ácido do seu estômago para liberar
subprodutos como água e dióxido de carbono, o que gera o arroto. Mas isso não
vai fazer o seu corpo absorver as calorias de modo diferente”, explicou
Cespedes.

A PhD e professora-assistente de nutrição, Rachele Pojednic, explicou que não existem razões fisiológicas para acreditar que o bicarbonato de sódio melhoraria um processo de perda de peso. “Exceto talvez para fazer uma pessoa sentir-se mais cheia, diminuindo a ingestão calórica”, completou a professora-assistente de nutrição.

Além disso, não existem pesquisas que sugerem que o fermento em pó (bicarbonato de sódio) possa auxiliar a estimular o metabolismo ou incitar o corpo a queimar mais gorduras.

O emagrecimento acontece quando ocorre um déficit de calorias, ou seja, a pessoa queima uma quantidade de calorias maior do que a quantia de calorias consumida. Ou seja: ingerir o fermento em pó não vai fazer com que as calorias desapareçam como em um passe de mágica.

A questão do inchaço

A PhD e professora-assistente de nutrição,
Rachele Pojednic, também afirmou que o uso médico mais comum para o fermento em
pó (bicarbonato de sódio) é como um antiácido.

Pojednic explicou que tomar um antiácido
como o fermento em pó neutraliza o ácido – que pode chegar ao esôfago ou ao trato
digestivo causando irritação depois de uma refeição rica em proteínas ou
gorduras – e alivia a irritação provocada pelo ácido.

Por outro lado, o uso do fermento em pó (bicarbonato de sódio) como antiácido já foi associado a prejuízos para a saúde, como você irá conferir mais abaixo. Consulte um médico antes usar o produto como um antiácido para evitar problemas.

Entretanto, tomar o fermento em pó pode causar mais inchaço (sintoma que dá a impressão de que o corpo encontra-se mais volumoso), embora esse seja um efeito de curto prazo.

No mesmo sentido, ingerir muito fermento em pó (bicarbonato de sódio) pode provocar o inchaço devido ao teor elevado de sódio que é encontrado no produto.

Por exemplo, uma porção de 5 g do fermento em pó químico tradicional da marca Dona Benta contém aproximadamente 321,8 mg de sódio, enquanto 5 g do fermento em pó químico da marca Dr. Oetker possuem em torno de 646,4 mg de sódio.

Vale lembrar que o fermento químico é aquele que contém o bicarbonato de sódio em sua composição. Ainda que o corpo humano necessite do sódio para o controle da pressão arterial e do volume do sangue e para o funcionamento adequado dos músculos, a ingestão de uma quantidade elevada do nutriente não é nada boa para o organismo.

Os
adultos saudáveis não devem consumir mais do que 2,3 mil mg de sódio
diariamente, indivíduos com pressão arterial alta não devem ingerir mais do que
1,5 mil mg do mineral e quem tem insuficiência cardíaca congestiva, cirrose do
fígado e doença renal podem precisa consumir quantias muito menores do que
essas.


conforme a Associação Americana do Coração, os adultos devem limitar a sua
ingestão de sódio para 1,5 mil mg do nutriente por dia.

A Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, alertou que o excesso de sódio pode provocar problemas como retenção de líquidos (condição que provoca inchaço), endurecimento dos vasos sanguíneos, pressão arterial alta, ataque cardíaco, acidente vascular cerebral (AVC) e insuficiência cardíaca.

Uma sobrecarga de sódio no organismo, que
pode ocorrer por meio da ingestão excessiva do fermento em pó químico, pode
causar vômito, diarreia, convulsões e falência renal.

Portanto, na hora de escolher o fermento em pó para utilizar em suas receitas, é importante checar a tabela nutricional e escolher o produto que tenha o menor teor de sódio.

Outros efeitos colaterais do fermento em pó (bicarbonato de sódio)

Agora que já analisamos se o fermento engorda ou emagrece, podemos conhecer outros efeitos colaterais associados ao produto.

Acredita-se que ao ser utilizado como um antiácido, o fermento em pó pode piorar problemas gastrointestinais, caso ele produza muito gás. Em casos raros, tomar o fermento em pó depois de fazer uma refeição grande pode provocar uma ruptura estomacal.

O National Capital Poison Center, centro
de controle tóxico dos Estados Unidos, recomenda recorrer a medicamentos
antiácidos mais seguros (no lugar do fermento em pó/bicarbonato de sódio).

Além disso, em longo prazo a aplicação de fermento em pó nos dentes pode corroer os esmaltes dos dentes.

Mais importante do que saber se o fermento em pó engorda ou emagrece

É lembrar que nenhum ingrediente, comida ou bebida pode promover sozinho o aumento ou a diminuição do peso corporal. É todo o contexto de uma alimentação que tem grande influência sob a forma física.

Portanto, se você deseja e/ou necessita
emagrecer ou, pelo menos, não engordar, o ideal mesmo é que cuide de toda a
dieta, certificando-se de que ela é saudável, equilibrada, nutritiva e
controlada.

Especialmente para quem tem dificuldades de seguir esse tipo de alimentação, vale a pena procurar o auxílio de um bom nutricionista, que saberá indicar um plano alimentar que ajude a atingir os objetivos do paciente, ao mesmo tempo em que fornece os nutrientes e a energia que o seu organismo exige para funcionar apropriadamente.

Você já tinha ouvido falar que fermento engorda? Pretende mudar o consumo no seu dia a dia? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.