Acarajé Engorda? Calorias e Análise

      Comentários desativados em Acarajé Engorda? Calorias e Análise
Acarajé

Uma comida tipicamente baiana, o acarajé é uma receita preparada a partir de um bolinho artesanal de feijão fradinho, que é temperado com cebola e sal, frito no azeite de dendê e recheado com vatapá, vinagrete e camarão seco. O quitute pode ser servido quente – com muita pimenta – ou frio – com pouca pimenta.

A palavra acarajé significa algo como “comer bola de fogo” e o prato tem uma origem associada ao candomblé. Acredita-se que a receita tenha chegado ao Brasil vinda da África Ocidental, por meio de imigrantes africanos no período da escravidão.

Mas será que o acarajé engorda?

Vamos começar a tentar entender se o acarajé engorda conhecendo a quantidade de calorias que podem ser encontradas no típico prato baiano.

Entretanto, de antemão, já alertamos que o teor calórico apresentado servirá somente como uma estimativa, já que diferentes receitas de acarajé podem trazer diferentes ingredientes, de diferentes marcas e quantidades, que resultam em uma divergência na quantidade de calorias em cada receita de acarajé.

Ainda que seja difícil definir os valores nutricionais do prato, justamente por conta da variação do tamanho e da quantidade de ingredientes utilizadas em seu preparo, um estudo conduzido pela Escola de Nutrição da Universidade Federal da Bahia (UFBA) calculou que cada bolinho de acarajé sem recheio possui, em média, 272 calorias e 323 calorias com os acompanhamentos.

Já de acordo com informações do site Fat Secret, portal que disponibiliza dados nutricionais a respeito de uma série de bebidas e comidas, uma unidade de 200 g acarajé é composta por 565 calorias.

Nós não submetemos o acarajé a análises para conferir esses dados, simplesmente reproduzimos as informações disponibilizadas pelos portais

Então, o que esses valores calóricos nos mostram? O acarajá engorda mesmo?

Dependendo do tamanho da porção de acarajé que a pessoa resolver comer, ele pode sim estimular o aumento do peso corporal. Observe que a unidade de 200 g com mais de 500 calorias corresponde a mais de ¼ do consumo diário de uma pessoa que ingere 2 mil calorias diariamente.

Portanto, se o objetivo é emagrecer ou, pelo menos, evitar o ganho de peso, para quem gosta de saborear o acarajé, o jeito é consumir o quitute com bastante moderação e apenas de vez em quando, sempre preferindo porções pequenas e moderadas do prato, inclusive por ser um alimento frito, além do alto valor calórico.

Cuidado com o sódio

Também recomenda-se deixar de lado o costume de acompanhar o acarajé com refrigerante e uma porção extra de camarão seco, por exemplo, já que ambos carregam grandes quantidades de sódio.

Ainda que o corpo humano necessite do sódio para o controle
da pressão arterial e do volume do sangue e para o funcionamento adequado dos
músculos, conforme informou o Centro Médico da Universidade de Maryland, nos
Estados Unidos, a ingestão de uma quantidade elevada do nutriente não é nada
boa para o organismo.

De
acordo com a instituição, os adultos saudáveis não devem consumir mais do que
2,3 mil mg de sódio diariamente, indivíduos com pressão arterial alta não devem
ingerir mais do que 1,5 mil mg do mineral e quem tem insuficiência cardíaca
congestiva, cirrose do fígado e doença renal podem precisa consumir quantias
muito menores do que essas.

Já a Associação Americana do Coração recomenda que os adultos limitem a sua ingestão de sódio para 1,5 mil mg do nutriente por dia.

A Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos alertou que um dos problemas provocados pelo excesso de sódio é a retenção de líquidos, condição que causa o inchaço, dando a impressão de que o corpo se encontra mais cheinho.

Como
se não bastasse, consumir muito sódio também pode causar problemas como
endurecimento dos vasos sanguíneos, pressão arterial alta, ataque cardíaco,
acidente vascular cerebral (AVC) e insuficiência cardíaca, completou a Escola
de Saúde Pública da Universidade de Harvard.

De olho na higiene

Ao comprar o seu acarajé, preste bastante atenção em como ele é preparado e certifique-se de que as vestimentas de quem o prepara estão limpas, se a pessoa não manuseia o dinheiro juntos com os alimentos, se os ingredientes são guardados em embalagens fechadas e em local refrigerado e se o prazo de validade de cada alimento é respeitado, indicou a nutricionista Luciana Silva de Araújo em sua conversa com o G1 Bahia.

O site Terra destacou que as chances de proliferação de bactérias no acarajé são grandes e alertou que se o óleo no qual ele foi frito estiver escuro, o produto vai apresentar toxinas que provocam prejuízos para a saúde.

Além disso, é importante que o óleo de dendê utilizado no preparo do acarajé seja de boa qualidade, indicou a publicação, que alertou que ao ser exposto a altas temperaturas, o óleo forma uma substância conhecida pelo nome de acroleína, cujo excesso já foi associado ao surgimento de alguns tipos de câncer como o gástrico e o intestinal.

Mais importante do que saber se o acarajé engorda

É ter
em mente que o emagrecimento ou a manutenção do peso ideal são frutos de toda
uma alimentação saudável, não apenas de deixar de comer ou saber consumir com
moderação somente um alimento.

Portanto, para quem deseja ficar em dia com a balança, além de ter sabedoria e bastante moderação na hora de comer o acarajé, é necessário certificar-se de que toda a dieta seja saudável, nutritiva, controlada e equilibrada.

Fazer isso difícil pode parecer um tanto quanto difícil, não é mesmo? Por isso, vale a pena contar com a ajuda de um nutricionista, que é capacitado para indicar um cardápio que ajude a emagrecer ou manter o peso, ao mesmo tempo em que fornece os nutrientes e a energia que o corpo necessita para funcionar nos conformes. O profissional também pode ensinar direitinho como fazer para comer o acarajé sem engordar.

Você já imaginava que comer acarajé engorda? Tem costume de consumir esse quitute baiano em sua dieta? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.