Fluxo Menstrual Reduzido – O Que Pode Ser e O Que Fazer

      Comentários desativados em Fluxo Menstrual Reduzido – O Que Pode Ser e O Que Fazer
Fluxo menstrual reduzido

O fluxo menstrual pode ser alterado por vários fatores, seja o peso corporal, exercícios físicos, estresses, entre várias outras coisas. Quando ocorre o fluxo menstrual reduzido, geralmente não há motivo para grandes preocupações, pois com o passar do tempo as mulheres descobrem que a menstruação varia todos os meses, e algumas são naturalmente mais leves do que outras.

Porém, em alguns casos, o fluxo menstrual reduzido pode indicar gravidez ou uma condição que está relacionada aos hormônios. Às vezes, as mulheres podem pensar que estão tendo uma menstruação leve, porém, estão experimentando apenas algumas manchas ou corrimentos com coloração avermelhada ou vermelha.

Sintomas do fluxo menstrual fraco

Durante um fluxo menstrual normal, as mulheres perdem em média cerca de 2 a 3 colheres de sangue, mas essa quantidade pode variar muito de mulher para mulher, e por isso elas devem anotar se as suas menstruações estão mais leves do que de costume. Um coletor menstrual é a maneira mais fácil de medir a quantidade de sangue que uma mulher perde durante cada menstruação.

Um fluxo menstrual reduzido pode ter alguns dos seguintes sintomas:

  • Em vez de ocorrer um fluxo constante, o sangramento se parece mais com manchas que aparecem ao longo dos dias.
  • Uma duração menor do que de costume.
  • Não ocorre um fluxo maior durante o primeiro e segundo dia, porém mantém um fluxo reduzido consistente.
  • Há menos necessidade de troca de absorventes ou tampões em comparação com o habitual.

O fluxo leve às vezes também pode ocorrer por causa de uma redução nos sintomas da síndrome pré-menstrual (TPM), porém com menos cólicas, dores nas costas ou alterações de humor.

O que pode ser

Os fatores que podem causar um fluxo menstrual reduzido:

1. Distúrbios alimentares

Bulimia e anorexia nervosa são dois tipos de distúrbios alimentares que podem causar ciclos menstruais irregulares. Transtornos alimentares podem levar ao baixo peso corporal, o que pode alterar os hormônios que regulam a menstruação.

2. Estar abaixo do peso

As
mulheres que estão abaixo do peso podem ter seus fluxos muito mais leves ou
simplesmente eles param por completo. Essas mudanças ocorrem porque os níveis
de gordura corporal caem muito e elas passam a não ovular regularmente.

Perder ou ganhar muito peso rapidamente também pode causar o fluxo reduzido.

3. Prática excessiva de exercício físico

Mulheres que se exercitam frequentemente podem notar mudanças em seu ciclo menstrual. As atletas que estão sob estresse, muito abaixo do peso e gastam muita energia física podem ter alterações em seus ciclos menstruais.

4. Síndrome do ovário policístico (SOP)

A síndrome do ovário policístico (SOP) pode ser um dos motivos pelos quais a mulher parou de menstruar ou passa por períodos irregulares. A SOP causa uma alteração hormonal em que os óvulos param de amadurecer.

Esta mudança hormonal também pode alterar o peso corporal e levar à obesidade, causar acne, fazer com que cresçam pelos faciais e inclusive levar à infertilidade. O médico poderá diagnosticar a síndrome do ovário policístico através de um ultrassom, pois essa condição causa a formação de cistos nos ovários.

Se você tem SOP, seu médico provavelmente recomendará que tome anticoncepcionais e perca peso para ajudar a menstruação voltar ao normal. Ele também poderá prescrever metformina, que ajuda a melhorar a ovulação e assim, regular o seu ciclo menstrual.

5. Estresse

O estresse pode afetar os equilíbrios hormonais do corpo, o que pode interromper o ciclo menstrual regular.

6. Falta de ovulação

Às vezes, uma mulher tem fluxos irregulares porque o seu corpo não libera óvulo, o que é chamado de anovulação, e pode causar fluxos mais leves ou irregulares.

7. Gravidez

Durante
a gravidez, os fluxos menstruais param por completo, porém, as pessoas podem
confundir o sangramento da implantação do embrião com um fluxo leve. Esse
sangramento é um sinal precoce da gravidez.

Quando a mulher é sexualmente ativa e geralmente não tem fluxos leves, fazer um teste de gravidez pode ser uma boa ideia.

8. Idade

O fluxo menstrual pode variar ao longo da vida de uma mulher. Geralmente, os primeiros são mais leves e podem aparecer apenas como algumas manchas e se tornam mais regulares quando uma pessoa está em seus 20 e 30 anos de idade.

No final dos 30 e 40 anos, as mulheres podem desenvolver fluxos mais curtos, intensos, podem ficar alguns meses sem menstruação e em seguida ter um mais intenso. Durante a perimenopausa, a menstruação pode se tornar mais leve e irregular.

9. Anticoncepcionais

Quando as mulheres passam a tomar ou usar anticoncepcionais, elas podem notar um fluxo menstrual reduzido e mais claro.

Esta redução no fluxo sanguíneo pode ocorrer devido ao fato das dosagens hormonais das pílulas anticoncepcionais serem baixas e não estimularem o útero a construir um revestimento espesso. Como resultado, uma mulher pode ter um fluxo menstrual reduzido porque há muito pouco revestimento uterino para ser derramado.

Isso também pode ocorrer em mulheres que usam o DIU hormonal, implante contraceptivo ou injeção, pois esses anticoncepcionais também causam a redução na espessura do revestimento uterino. Elas podem experimentar algumas manchas iniciais entre as menstruações à medida que os hormônios começam a regular os períodos menstruais.

Em certos casos, um médico pode recomendar que alguém com fluxo menstrual reduzido tome anticoncepcionais para regular o seu ciclo. Alguns tipos de anticoncepcionais contêm hormônios que podem ajudar o ciclo de uma mulher a se tornar mais consistente.

10. Condições médicas graves

Períodos irregulares ou incomuns (reduzidos ou intensos) podem ser o sinal de uma condição de saúde mais séria, pois a menstruação indica se o corpo da mulher está em boas condições de funcionamento, e por isso, um fluxo reduzido pode ser o sinal de que há problemas com os níveis hormonais ou outras condições médicas.

O que fazer

Se você notou o fluxo
menstrual reduzido mais do que o normal sem uma causa subjacente é importante
procurar o seu médico principalmente nas seguintes condições:

  • Se acredita que pode estar grávida.
  • Se houve sangramento entre os períodos menstruais.
  • Se sente muita dor durante a menstruação.
  • Se está com 3 menstruações atrasadas e não está grávida.
  • Se tem um ciclo menstrual irregular.

Lembre-se de procurar
o seu médico sempre que notar qualquer sintoma.

Tratamento

Como visto, o fluxo menstrual reduzido pode ocorrer devido a muitos fatores – inclusive mais de um deles pode estar acontecendo ao mesmo tempo. Se eles persistirem ou se sentir algum sintoma preocupante, não deixe de procurar um médico, pois ele irá te examinar e determinar qual o tratamento apropriado.

Muitas vezes, os fluxos menstruais reduzidos podem ser tratados com mudanças no estilo de vida e/ou medicamentos. Às vezes, o uso do controle de natalidade hormonal pode ajudar seus ciclos a se tornarem mais regulares.

Referências adicionais:

Você já teve problemas de fluxo menstrual reduzido? Conhece alguém que teve? Como foi o tratamento recomendado pelo médico? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.